10.5.09

Abre a janela


Perdi a noção do tempo...
Não sei quantos dias, semanas passaram desde que parei para escrever!
Ficar sentada no parapeito da janela, olhar o céu e tudo o que existe à minha volta. Sentir o vento na cara. Não consigo ver a lua, está cheia, mas ficou tapada pelo arvoredo. Só consigo ver as flores, apesar da escuridão!
Acho que já não ouvia MV seguida desde o concerto no Coliseu. Já passou tanto tempo.
Podia escrever aqui um bocadinho de cada letra dela, gosto tanto de todas, têm sempre qualquer coisinha de especial.
...
Agora entendo a Teoria do Caos, o Efeito Borboleta, as implicações de um simples 
bater de asas...
Hoje enganei-me no caminho para casa, virei na rua errada... Parvoíce a minha, já não sei há quanto tempo não passo naquela rua, não paro e me sento naquele cantinho.

...Pois por trás daquela janela fechada podes imaginar o teu mundo, aquele só teu, viver os teus sonhos com ousadia! Do outro lado podes pintar o preto de laranja, e o branco de verde, podes sentir o cheiro das flores e ouvir a natureza a correr. Podes abrir a janela e pintar o arco-íris, podes correr na tua passadeira vermelha e gritar o que te vai na alma, podes sorrir sem pagar imposto e abraçar quem mais desejas! Porque por trás daquela janela cabe a ti traçar o caminho que pretendes seguir. Agarra, agarra com força! Não deixes nada escapar! Faz-te à estrada...



Será que é tempo que me falta pra perceber





A Lua está cheia, o frio faz-se sentir... 

2 comentários:

xtrelinha disse...

adoro tudo aquilo q escreves e a forma como o fazes...

tenho muito orgulho em dizer que sou tua amiga...

:)

p1ngger disse...

é tão brilhante este blog

parabéns *