30.5.09

Uma das coisas mais espantosas do amor é o orgulho que sentimos pela pessoa que amamos. O orgulho que vai muito para além da beleza: o orgulho da cumplicidade e da vontade que temos em dizer ao mundo que «somos um do outro».
Amar com condescendência e piedade empurra-nos facilmente para a infelicidade.
Todos nós precisamos de nos orgulhar dos talentos do nosso amor (...)
É um facto que não podemos amar os cantinhos todos do nosso homem ou da nossa mulher. Há bocadinhos menos bons que nos fazem olhar de lado para eles e por vezes coçar a cabeça (...)
O Sexo e a Cidália

4 comentários:

Clara Mafalda disse...

acho que amar é isso mesmo, orgulharmos-nos de quem temos, sermos felizes com aquilo que nos dao, vontade de ser mais e melhor, juntos, todos os dias.
beijinho

Ana Catarina disse...

na mesma sintonia.
xP

xtrelinha disse...

este fim de semana consegui matar um pouco das saudades q sentia...

minha linda espero q n te veja so nos teus aninhos...

beijoquinha

Outsider disse...

humm =)com classe