5.9.08


O sorriso que hoje não trago. Apenas porque não apetece.
O sorriso que hoje não trago. Porque hoje estou coberta por uma nuvem escurecida.
O sorriso de momentos gratificantes. Sincero, verdadeiro.

O sorriso que vai voltar, independentemente das decisões.
Encruzilhadas. Indecisões.
Uma das mais complicadas. Segunda vez. À primeira não fui capaz.
O amor é muito mais que isso. Desistir.
Por tudo de bom que vivi. Pelo que fui feliz.
Agora não sei mais.

Vou partir, naquela estrada...

Um comentário:

Bruno Ferreira disse...

E quando por essa estrada tiveres a caminhar...
Vais ver que essa nuvem sairá de cima de ti e deixará que o sol apareça e te deixe mais feliz ;)

Beijinhoo =)